MÍDIAS SOCIAIS E O SISTEMA NERVOSO

Dependendo de como a usamos, as mídias sociais têm efeitos amplamente variados no sistema nervoso.

CO-CEO, NEUROFIT
LEITURA DE 1 MINUTO(S)
OCT 4, 2023
CONSUMO DE MÍDIAS SOCIAIS
Dependendo de como a usamos, as mídias sociais têm diferentes efeitos no sistema nervoso. Nosso sistema nervoso luta para distinguir a interação social offline da online.
Quando usamos nosso telefone ou computador, estamos convidando o mundo externo para nossa casa ou local de trabalho, e isso pode impactar nosso sistema nervoso por dois motivos principais:
O primeiro é a contágio emocional: a absorção automática pelo sistema nervoso do estado atual de outras pessoas.
E o segundo é a neurocepção: o processo autônomo que nos mantém seguros ao reconhecer imediatamente o perigo.
CONSCIÊNCIA DURANTE O USO DAS MÍDIAS SOCIAIS
Queremos nos tornar conscientemente cientes de como nos sentimos quando estamos interagindo online e ficar atentos a sentimentos de ansiedade, medo, desligamento, raiva, preocupação e dúvida.
Se você experimentar qualquer uma dessas emoções, tente passar algum tempo consumindo menos mídias sociais ou notícias negativas e veja como seu sistema nervoso responde. Existem muitos aplicativos que podem limitar o tempo de tela, e você também pode excluir temporariamente os aplicativos do seu telefone para criar o espaço necessário. Também é recomendado deixar seu telefone fora do quarto à noite para que não interrompa o sono adequado.
Ao nos tornarmos mais conscientes de nosso consumo de mídias sociais, podemos lidar com um dos maiores estressores do sistema nervoso no mundo agitado de hoje e dar um passo imediato e notável em direção a um maior equilíbrio e paz interior.
PRONTO PARA DOMINAR SEU SISTEMA NERVOSO?
BAIXAR NEUROFIT
COMPARTILHE ESTE ARTIGO